Seguidores

segunda-feira, 12 de março de 2012

Marte






No mês de março
vou à Marte martiar o meu martilho
De sofrer e de amar
Lá em Marte tudo é nulo
O anulamento da dor é o meu maior desejo .
No mês de março
Me transformo em marciano
Como marciano maciamente minha mente nada mudou
O que houve meu Senhor ?
Ao meu redor , a existência de inúmeras aureolas
Abaixo das aureolas cristais de brilhos profundos
Eram todos anjos de forças colossais
emanando telepaticamente pensamentos atuais.
- Volte para Terra !
Mas pra quê voltar à Terra no momento em que estava nulo ?
Eu já não sentia Amor e nem sofrimento
Eu já não sentia riso e nem choro
Eu já não sentia alegria e nem tristeza
E isso era bom .
Perguntei-me : Pra quê voltar à Terra ?
Porque todos aqueles que estão em Marte
passaram por lá e cumpriram a sua tarefa.
E assim eu voltei para o mundo , um mundo de conflitos
Religião
Política
Sociais
Econômicos
As passagens são únicas e a vida é somente uma .
Este é um poema de uma quase fuga.
Marte existe em minha mente
Voltei em plena consciência e recuperei a minha onipotência
Fagulhas se encontram em toda e qualquer parte.
Neste poema de quase fuga
Digo obrigado à Marte .





Autoria : Caio Fazolato
imagem: Google

11 comentários:

Severa Cabral(escritora) disse...

Bom dia meu querido amigo!
Amigo desaparecido!!!!!!!!!!!!
Ainda bem que te achei perdido nestes caminhos,kkkkkkkkkkkkkkkkk
Brincadeirinha querido!
Quero saber que faço para chegar à Marte tbm e voltar assim repaginada,kkkkkkkkkkkkkk,cheia de adjetivos e amando bem muitooooooooo,a vida,os amigos e vc!
saindo de novo da brincadeirinha!
Sabia que sou assim!Parece que não levo nada a sério,mas sou centralizada,kkkkkkkkkkkk
Agora é sério!
Meu amigo vc escreve com todas as imaginações possiveis de quem é sumamente inteligente,por isso que no teu caminho se atravessou uma menina linda chamada Paty.Nossa!Como aquela menina é inspiradora nas escritas...sei que isso mexe muito com as almas escritoras.Meu caso sou uma admiradora das tuas escritas.Tens o dom nato.Precisas arregaçar essas mangas e se jogar mais nas tuas escritas.Eu só babo e nem sei comentar.Mas para dizer que esse texto está fantástico,que dar vontade de viajar até marte isso sim...
Meu lindo!
Dá uma passadinha no blog do Pedro para dar uma força,que ele está dodoi.Mas no meu post atual fala dele em detalhes...
bjs meu querido!

Sandra Puff disse...

Olá,
Faz um bom tempo que não leio um texto cheio de aliterações, mas a figuração é só para abrilhantar, pois o contexto e ideias estão brilhando.
Abraços,
Sandra

Severa Cabral(escritora) disse...

Amigo querido!!!!!
Hoje venho vestida de blogueira para pedir e desejar felicidade prá vc,prá mim,prá nossos amigos que fazem esse mundo acontecer,virar,mexer,remexer o mundo do bloguista...
FELIZ DIA DO BLOGUEIRO !!!!!!
Abç meu amigo silencioso...
Te espero com um grito bem alto !

NOEMI disse...

Caio querido!!Meu poeta favorito.Amei...quero ir junto para Marte,mudar de ares,visualizar os mares...e quem sabe ficar por lá.
Dizem que quando o sol brilha é para todos. Eu acho que é para quem tem a capacidade de o ver. Tu és daquelas pessoas que vê sempre o sol, procura-o com a ansiedade de beber dele o melhor e também o mais simples da vida. E como o procuras, com a alegria e ingenuidade de uma criança, consegues encontra-lo sempre, em dias nublados, em tempestades, até nos lugares mais recônditos do planeta. É por isso, por essa tua natureza generosa e genuína, que ele te acorda e abraça todas as manhãs da tua existência.Que sus fim de semana seja iluminado.bjs

Enigmático Byjotan disse...

todas as circunstância desta viagem fantástica nos induz a reflexão e a busca por algo novo.Ser humano ser inquieto.Gosto da forma como escreve,gosto do ousado na forma e no conteúdo.Abraço de quem te lê.:-BYJOTAN.

Evanir disse...

BOA NOITE QUERIDO AMIGO..
EU DEMOREI PARA VIR ATÉ SEU BLOG CONFESSO VALEU A PENA.
GOSTEI MUITO DESSE POEMA UMA LINDA VIAGEM ONDE NÃO SENTE DORES .
QUEM SABE UM DIA NÃO SAIMOS DE UM LUGAR SEM DOR PARA UMA MORADA NA TERRA ONDE EXISTE TODO TIPO DE DOR.
GOSTEI DO IMAGINÁRIO POR UM MOMENTO PELO MENOS ENQUANTO LIA SEU TEXTO INDISCUTIVELMENTE UMA BUSCA PARA DENTRO DE VOCÊ MESMO OU QUEM SABE SÓ EU CONSEGUI FAZER A MESMA VIAGEM.
COM ELEVADO PENSAMENTO CONSEGUI PASSAR ALGUNS SEGUNDOS SEM RECORDAR DA MINHA DOR.
ALÉM DE SUA AMIGA SOU SUA FÃ COM DIREITO DE ENTRAR NA SUA CASA VIRTUAL SEM BATER NA PORTA ,POIS TENHO CERTEZA QUE SOU RECEBIDA DE BRAÇOS ABERTOS.
ANJO LINDO!!EU ESTOU A ESPERA DO GRANDE DIA DE VER MINHA AMIGA QUERIDA SEVERA X EVANIR.
AGORA TENHA CERTEZA VOU VIM AQUI COBRAR SE FOR POSSIVEL TODOS OS DIAS.
EU NÃO COBRO NADA AMADO ,
MAIS NUNCA ME PROMETA QUE JURO EU COBRO RSRS.
UM ABRAÇO CARINHOSO ATÉ NOVEMBRO AQUI NA MINHA CASA ANTES NO BLOG MEU LINDO.
BEIJOS MEUS.
EVANIR.

Patrícia Pinna disse...

Bom dia, poeta amado. Em Marte você encontrou a nulidade da dor que sofres aqui na Terra, sentimentos de tristeza ou alegria.
A sua quase fuga deu-se por não querer mais viver tanto nos horrores da Terra,e um lugar nulo, frio, fica mais fácil de encontrar-se consigo numa nova perspectiva de vida.
Dado um momento, você percebeu que ainda precisava cumprir a sua missão aqui na Terra provando os seus sabores e dissabores também.
Mesmo sem querer, o seu regresso à Terra foi necessário, e com ele podes aprender, que a nulidade não está em nós, pois somos feitos de todos os sentimentos, e com ele abençoamos a nossa vida ou não, assim como a do nosso próximo.
A sua quase fuga foi uma percepção de mundo que você não possuia,como um véu encobrindo a sua face, mas que aos poucos saia dela clareando os seus passos.
A sua gratidão à Marte, foi por perceber que não somos nulos, e temos de viver, sem fugas o que a vida na Terra proporciona para nós!
Um beijo, e fique na paz!

Severa Cabral(escritora) disse...

Belo alvorecer !
Passando por aqui não poderia deixar de entrar pára te dar um abraço,kkkkkk,pois para os amigos temos que ter um tempinho sempre ...
Deixo bjs para aquecer teu outono!

Sonhadora disse...

Meu querido amigo

Um belo texto...simplesmente maravilhoso.
Voltarei mais vezes.

Um beijinho
Sonhadora

Severa Cabral(escritora) disse...

...Olá meu querido!
Venho trazer minha mensagem...
Celebrar a Páscoa é celebrar nossa vida-em-Cristo:
Saimos da escuridão para a liberdade...
Aleluia!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
F*E*L*I*Z***P*Á*S*C*O*A***C*O*M***A*M*O*R***!!!
Bjs

Evanir disse...

Páscoa é tão somente o Recomeço, onde estará em alta a certeza de um futuro repleto de realizações,
esperando que o Amor inunde o coração dos Homens, pondo fim as guerras e ao egoísmo,
permitindo que a Paz volte a reinar,
como um dia, o "Nosso Pai", sonhou para Nós". Feliz Páscoa!
Com meu eterno carinho.
Beijos no coração.
Evanir..
Se você gostar tem um presente na postagem
ofereço com carinho.