Seguidores

sexta-feira, 3 de setembro de 2010

Liberdade Presa




Todo ser humano nasce para ser Feliz
Nasce para ser livre e voar
Mas esse mesmo ser humano que anseia a liberdade
Escraviza e causa desigualdade.
Não é normal se conformar com o muito rico e o muito pobre
Mas o rico ignorante não se importa
Ele nunca pediu dinheiro na tua porta.
Mas o pobre ignorante , sente a dor e não se importa mais
o pensamento é de terceiro mundo
E por isso lutar tanto faz.
O que era o simples se torna grandioso
O Homem letrado de terno e gravata
fez o bem e se tornou honroso.
Dentro de si uma imagem comercial
Ajudar os pobres para se tornar um referencial.

O Mesmo homem que almeija a independência
Tem como estimação um pássaro na gaiola.
É o mesmo homem que reclama
da alta carga de trabalho , nas intensas horas.

Não , aqui não é o Brasil
Sim , aqui é o Brasil
não , aqui não é o Rio de janeiro
Sim , aqui é o Rio de janeiro
Eu conheço um lado, Eu conheço outro
Meu nome é contraste social .

A liberdade que existe é mentirosa
Mas o sonho de voar é verdadeiro
A mentira que se contrasta com a verdade
é o pensamento da existência do voo do prisoneiro.

A necessidade de voar é plausível
No entanto não me deixe preso
Não deixe sua consciência presa
E sobretudo , Não deixe a sua liberdade presa.
A Alma , a luz e a vida
Tudo numa linha só
Deixarás um legado
quando
tornares
Pó...


"Privatizaram sua vida, seu trabalho, sua hora de amar e seu

direito de pensar.
É da empresa privada o seu passo em frente,
seu pão e seu salário. E agora não contente querem
privatizar o conhecimento, a sabedoria,
o pensamento, que só à humanidade pertence."

Um comentário:

Patrícia Pinna disse...

Bom dia poeta de veia tão crítica!
Antes mesmo de eu terminar de ler, já pensava na desigualdade, nas contradições, e você deixou isso muito bem claro nesse poema tão paradoxal.Tem muita hipocrisia do homem letrado, e a contradição existente também no homem simples.
Não preciso explicar o que está óbvio!
Parabéns!
Você, sinceramente,merece todas as honras!BEIJOS!Irás longe, e eu tenho um orgulho muito grande de ti!