Seguidores

sexta-feira, 2 de setembro de 2011

Canção do Salve Salve

Ao dia da independência ...




Canção do Salve ! Salve !

Paródia do poema da " Canção do exílio " de Gonçalvez Dias .

Caio Vinicius

Canção do Salve ! Salve !
Parte 1

Minha Terra tem produtos contrabandiados
Faça um bom suborno e seja liberado
mostre a carteira
relações internacionais nas fronteiras
e permita a entrada daquilo que é falsificado
o nosso grande trastorno é a erva do diabo
acabou o dinheiro e o "menor" ainda está alucinado
Em um piscar de olhos seremos assaltados.
Se o penhor dessa desigualdade
Conseguimos conquistar com o braço forte ?

parte 2

Minha terra não tem fruto de maracujá
mataram a semente antes de brotar
todos estão com fome
e como vamos nos alimentar ?
Mas a semente brotou exclusivamente
só para um alguém
desmataram ali
e aqui também .
Se o penhor dessa desigualdade
Conseguimos conquistar com o braço forte ?
Em teus seus , ó liberdade ?

parte 3

Minha terra a noite é tão linda
O menino botou a cara na janela
e foi acertado por uma bala perdida .
Bala perdida com destino certo !
Será mesmo bala perdida ?
objetos voadores desconhecidos
jogaremos em pratos limpos,
O presente é o futuro esperado
O presente é inseguro e amargurado
Quem me dera acreditar , que tudo que consumimos é verde e amarelo
se aqui eu vejo ,
uma cópia criativa negativa
estamos em outro país com a mesma língua .
Se o penhor dessa desigualdade
Conseguimos conquistar com o braço forte ?
Em teus seios , ó liberdade ?
Desafia o nosso peito a própria morte ?

parte 4

Minha terra tem futebol e samba
mas aqui o político não dança
temos arroz e feijão
porém comemos pizzas e ficamos com indigestão
por causa da tamanha indignação .
Nos bastidores é só sujeira
o tempo passa e nenhuma limpeza.
Se o penhor dessa desigualdade
Conseguimos conquistar com o braço forte ?
Em teus seios , ó liberdade ?
Desafia o nosso peito a própria morte ?
Ó pátria amada ?

parte 5

Minha terra recebe visitas de turistas entusiasmados
depois de um pequeno grande assalto
eles saem apavorados .
Mas que sorte
pelo menos eles conseguiram sair com vida
alguns saem com muita repercussão
carregados por um caixão .
Assim como nossa própria gente
que espera na fila do hospital
na esperança de um atendimento de um profissional .
Que pena !
O profissional também quer ser atendido,
quer olhar na cara do político
solicitar o seu salário
reclamar sobre as péssimas condições de trabalho
que o povo tinha exigido
que pena também
nem todo profissional é do bem .
Ossos quebrados , cansaço na fila
olhos avermelhados e desculpas irritam .
E nessa espera recebemos um eterno remédio
com passaporte para uma mansão
chamada cemitério .
Se o penhor dessa desigualdade
Conseguimos consquistar com o braço forte ?
Em teu seio , ó liberdade ?
Desafia o nosso peito a própria morte ?
Ó patria amada ?
Idolatrada ?

última parte \ 6

Minha terra tem estudandes momentâneos
Que brincam de fazer revolução
Che Guevara ou Lênin ?
Qual será a duração ?
Permita Deus que em vida
Eu possa ver uma reação
Um novo pensamento , uma modificação
Conseguimos acreditar e encontrar a afeição ?
Se o penhor dessa igualdade
Conseguimos conquistar com o braço forte
Em teu seio , ó liberdade
Desafia o nosso peito a própria morte
Ó patria amada
Idolatrada
Salve ! Salve ! Salve !
Salve! Salve! Salve !
Salve! Salve!
Salve !


Gritos de Esperança e Paz do povo brasileiro ...


* Escrito em junho de 2008 .

13 comentários:

Patrícia Pinna disse...

Boa tarde, poeta da veia crítica absurdamente maravilhosa!
Mais uma vez você soube colocar as mazelas que corroem a sociedade de uma forma magistral!
Que veia, que pulsar inconformado é esse?
Muito bom mesmo!Todos deveriam ler a sua crítica e aplaudirem, pois ela é digna de aplausos, por retratar tão bem o que ocorre na nossa sociedade, e no sistema.
A paródia em si diz tudo.És um revolucionário, que em versos desmembra tão bem as injustiças!
Se você fosse político, seria excelente, ou ficaria pouco tempo no poder, pois eles não gostam da verdade, e das mudanças benéficas para a sociedade!
Um beijo grande, e excelente fim de semana, talentoso poeta revolucionário!

Severa Cabral(escritora) disse...

Boa noite amigo querido e amado!
Vim dar-te um abraço pela tua visita lá no meu cantinho do qual vc me deixou radiosa...
Menino do céu!realmente vc é um revolucionário nas escritas,move como ninguém a realidade em forma de paródia...aplausos sempre para ti amigo querido.
Vc nem sabe onde eu te vi,lá no blog do Pedro.
Passa lá para ver,kkkkkk
Bjsssss
http://pedrofransilva.blogspot.com

Everson Russo disse...

Em todas as letras e canções ecoaram esperanças, protestos e paz...no desejo sempre que o Brasil realmente seja o país do futuro...já...abraços de bom final de semana pra ti.

MARILENE disse...

Sua indignação faz parte da insatisfação de muitos. Sabemos dos fatos, mas lê-los, assim, de forma clara, nos faz sentir ainda mais a dor por ver tamanhas contradições e desacertos em nosso belo país.

( você conseguiu me tocar com seu comentário e sou-lhe grata por aquelas lindas palavras.)

Bjs.

Pedrofransilva disse...

Salve, salve grande Caio!
Viajei num 'rap' com essa sua paródia tendo por base trechos do hino da independência!
Mas o que quero lhe dizer é que a gente não pode deixar de se indignar, buscar conhecimento, participar de grupos, fazer valer nossos direitos e lutar incansavelmente por um mundo melhor, uma sociedade mais justa. E mesmo que pareça uma utopia, tudo isso será verdadeiro e existirá, enquanto a gente não esquecer de sonhar e não deixar de fazer a nossa parte.
Os ranços de um passado não muito distante ainda reside disfarçada, mas muito às claras. è preciso atenção sempre e ATITUDE!
Herói bom é herói vivo, e está mas perto do que imaginamos, é só olhar pra dentro!
Grande abraço, querido, e volte sempre!
"... há os que lutam toda vida. Esses são os imprescindíveis!"

Juju Porcino Loureiro disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Juju Porcino Loureiro disse...

Seu gesto de carinho, atenção e delicadeza me fez perceber quanto vc é especial na forma de ser e como são bem-vindas os seus comentários e as suas visitas em meu blog. Muito obrigada e volte sempre!!!
Fique com DEUS amigo!!!

Essa sua paródia relata a realidade de nossa nação de forma "musical".
PARABÉNS!!!

Severa Cabral(escritora) disse...

Boa noite meu querido amigo!
Vc é um menino muito amado por muitos e por mim tbm.
passando para deixar um desejo de uma boa noite com paz...
Bjs para aquecer teu blog!

Van disse...

Na verdade queremos fazer a nossa independência, ela ainda não foi bradada. Acho que o único exército
que nos salvará é o da educação e cultura.

Compartilho totalmente da sua crítica, este é um bom momento para refletirmos e protestarmos sobre nossa condição, também escrevi protestos em meu blog, e os farei a até a quarta, seria um prazer se você o lesse.

( o verso do turista seria cômico se não fosse trágico) rsrs

Boa semana!

Evanir disse...

Boa Noite.
Isso que chamo de poema ou que sabe um hino gigante.
E com orgulho que leio tamanha grandeza de poema ou um texto .
Ser revolucionário gritar a verdade é coragem de poucos.
Te aplaudo de pé a muito não lia algo tão real.
Um noite linda .
Bjs feliz semana.
Evanir

Severa Cabral(escritora) disse...

Meu lindo amigo!
Vc completa meus amigos!
Quero te contar um segredo,kkkkkkk,meu coração amanheceu em festa...
Passa lá no meu cantinho para bebermos um vinho em comemoração...não esqueça...estou te esperando...
Bjsssssssssssssssssss

Van disse...

Muito obrigada pelo seu comentário carinhoso e incentivador.
Te digo que a recíproca é verdadeira, tenho admiração por você, por fazer da poesia também uma forma de expressão como cidadão coerente e atento.

Beijos!

LUZ disse...

Bom dia, meu amigo!

Sou Portuguesa, Professora de profissão, e visualizei seu blog, ocasionalmente.
Você é muito jovem, assim o mostra a foto, para saber tanto e tão bem de tudo.
Que homem, que fruto bom, suculento e maduro de sabedoria caiu na sociedade.
A critica, conscientemente, mas a constrói.
Percorri seu blog de norte a sul e fiquei com os olhos ensolarados.
Como escreve bem prosa e poesia! Que consciência gigante tem do mundo, que é o nosso.
Que venham muitos mais como você, Sua Excelência.
PARABÉNS!!!!!!!!!!

Beijos de luz.

afectosecumplicidades.blogspot.com