Seguidores

terça-feira, 29 de novembro de 2011

Meu Amor

Meu Amor me ligou no dia do meu aniversário
Meu Amor mudou todo meu itinerário
Meu Amor me fez descobrir que há muito tempo eu já amava
Somente através de expressões eu verbalizava .
Hoje eu Verbalizo naturalmente
A mulher que amo é o meu presente.

Foi preciso transcorrer o tempo
Foi preciso vencer gerações
Para saber , que o amor estava em movimento
Para saber , que o infinito não tem limitações .

A diferença se torna compatível
Quando o sentir se sobressai a idade
O amor vence o preconceito
E quebra o padrão de sociedade
Ma ao olhar profundamente em seus olhos,
Brilha , brilha uma luz que voa à Sabiá e à Cotovia
A minha alma se reflete dizendo : Que o meu amor fertiliza em poesia .
E tudo me encanta . . .

No princípio da vida
Nascemos juntos , nossas almas se encontram
Formando apenas o mundo .
Mergulhaste na imensidão do meu oceano , meu amor : Alma !

Meu Amor me ligou no dia do meu aniversário
Dizendo que o amor se manifesta
De todas as forma .
Amar-te , meu amor , é amar a vida .
Desenhando um novo rumo ao meu itinerário
Tornando o caminho extraordinário
O de viver ao lado
No princípio da vida com o meu amor .


* Poema feito no dia 24 de dezembro de 2010 . Um referência a uma ligação no meu aniversário no dia 09 de novembro de 2010 , do meu amor ( É Claro ) que inspirou nesse poema .

6 comentários:

LUZ disse...

Olá estimado Caio,

ZERO COMENTÁRIOS, ESTRANHO!

NEM SUA AMADA! QUE AMOR É O DELA?

De início, você estava receoso de mostrar o seu amor pra ela, mas depois você ultrapassou preconceito, idade, raça, credo e VERBALIZOU.

Para nós, que estudamos a LÍNGUA PORTUGUESA, VERBALIZAR, ESSE SIMPLES VERSO TEM MUITA IMPORTÂNCIA, no contexto afectivo.

Quero, que continue amando e que seja amado, também.

Abraços de muita luz.

Patrícia Pinna disse...

Amado poeta, belíssimo poema que eu já conhecia faz muito tempo, onde traduz, amor, felicidade, liberdade, e uma vida repleta de novidades.
Destinos selados que romperam barreiras, tantos preconceitos, dignos de pessoas que ainda precisam cescer de alguma forma.
Enfrentamos julgamentos, e talvez ainda os enfrentemos, porém ninguém tem nada a ver com a nossa vida, é NOSSA e de mais ninguém, pois somente permitimos que façam parte dela os verdadeiros amigos, que entram para somar, e não julgar, pois de juiz não precisamos.
Que Deus nos abençõe, assim como ao nosso amor, e que cresçamos juntos, mesmo com toda e qualquer adversidade.
Foi uma honra quando li pela primeira vez o poema que fez para mim, e me presenteou na noite de natal.
Sei que você é um talento nato, e que tudo o que sai do seu coração apaixonado me faz sorrir com aquele sorriso abençoado do qual faz a sua alma ficar leve.
Sejamos assim: leves!
Obrigada, amado. A maioria do que escrevo com simplicidade, é para você, pensando em você, seja em que circunstância for.
Você consegui fazer eu rir, e isso é muito bom, pois a mulher que não consegue rir com o seu amado, está precisando rever a relação.
Alma, de fato, é o que você passa para mim com muita propriedade.
Sei que mudamos, é natural com a convivência enxergarmos o que não víamos, porém, o amor é mais forte.
Cuidemos do nosso amor, façamos com que seja mais feliz do que estressante, mais zeloso do que displicente.
Amemos, então!
Um beijo na alma, e em você, nas suas lindas pintinhas, e nos seus olhos lindos, sedutores, e nos seus lábios carnudos!
Te amo!


OBS:SÓ INTERESSA A VOCÊ O PORQUÊ DE EU NÃO TER COMENTADO ANTES, E VOCÊ SABE BEM. Fique na paz!
O nosso amor é somente nosso, assim como o nosso tempo e as nossas justificativas.
Não permitimos intrusos e nem permitiremos.

Memórias do meu £u disse...

A mulher que amo é o meu presente...
Ual, Que lindo, gostei muito deste poema!! ♥

Vim agradecer a visita, e por ter aceitado minha amizade!

Tenha uma ótima 5ªF!

Aline Santo, autora do blog 'Epífises de uma Pérola'

Patrícia Pinna disse...

Poema lindo, puro, entregue e totalmente leve.
Uma inspiração maravilhosa!
Ler a sua tranquilidade e suavidade faz um bem imenso!
Paz ao poeta!
Amor, sempre!

Patrícia Pinna disse...

Os seus belíssimos poemas de amor deveriam estar expostos em espaços de homenagens aos poetas, pois a profundidade com que escreves é sensacional!
A essência é o que move o amor no ser humano, e eu espero que ela continue tal qual neste poema, mesmo com todas as adversidades!
Um beijo na alma, e fique na paz!

Patrícia Pinna disse...

Hoje eu ouvi você recitando esse poema para mim, lembro bem quando me entregou na véspera de natal com alguns versos dourados.
Lindo poema!
Fique com Deus.