Seguidores

sábado, 7 de fevereiro de 2009

Canção do Salve ! Salve !


Canção do Salve ! Salve !


Paródia do poema da " Canção do exílio " de Gonçalvez Dias .


Caio Vinicius


Canção do Salve ! Salve !

Parte 1


Minha Terra tem produtos contrabandiados

Faça um bom suborno e seja liberado

mostre a carteira

relações internacionais nas fronteiras

e permita a entrada daquilo que é falsificado

o nosso grande trastorno é a erva do diabo

acabou o dinheiro e o "menor" ainda está alucinado

Em um piscar de olhos seremos assaltados.

Se o penhor dessa desigualdade

Conseguimos conquistar com o braço forte ?


parte 2


Minha terra não tem fruto de maracujar

mataram a semente antes de brotar

todos estão com fome

e como vamos nos alimentar ?

Mas a semente brotou exclusivamente

só para um alguém

desmataram ali

e aqui também .

Se o penhor dessa desigualdade

Conseguimos conquistar com o braço forte ?

Em teus seus , ó liberdade ?


parte 3


Minha terra a noite é tão linda

O menino botou a cara na janela

e foi acertado por uma bala perdida .

Bala perdida com destino certo !

Será mesmo bala perdida ?

objetos voadores desconhecidos

jogaremos em pratos limpos,

O presente é o futuro esperado

O presente é inseguro e amargurado

Quem me dera acreditar , que tudo que consumimos é verde e amarelo

Se aqui eu vejo ,

uma cópia criativa negativa

estamos em outro país com a mesma língua .

Se o penhor dessa desigualdade

Conseguimos conquistar com o braço forte ?

Em teus seios , ó liberdade ?

Desafia o nosso peito a própria morte ?


parte 4


Minha terra tem futebol e samba

mas aqui o político não dança

temos arroz e feijão

porém comemos pizzas e ficamos com indigestão

por causa da tamanha indignação .

Nos bastidores é só sujeira

o tempo passa e nenhuma limpeza.

Se o penhor dessa desigualdade

Conseguimos conquistar com o braço forte ?

Em teus seios , ó liberdade ?

Desafia o nosso peito a própria morte ?

Ó pátria amada ?


parte 5


Minha terra recebe visitas de turistas entusiasmados

depois de um pequeno grande assalto

eles saem apavorados .

Mas que sorte

pelo menos eles conseguiram sair com vida

alguns saem com muita repercussão

carregados por um caixão .

Assim como nossa própria gente

que espera na fila do hospital

na esperança de um atendimento de um profissional .

Que pena !

O profissional também quer ser atendido,

quer olhar na cara do político

solicitar o seu salário

reclamar sobre as péssimas condições de trabalho

que o povo tinha exigido

que pena também

nem todo profissional é do bem .

Ossos quebrados , cansaço na fila

olhos avermelhados e desculpas irritam .

E nessa espera recebemos um eterno remédio

com passaporte para uma mansão

chamada cemitério .

Se o penhor dessa desigualdade

Conseguimos consquistar com o braço forte ?

Em teu seio , ó liberdade ?

Desafia o nosso peito a própria morte ?

Ó patria amada ?

Idolatrada ?


última parte \ 6


Minha terra tem estudandes momentâneos

Que brincam de fazer revolução

Che Guevara ou Lenin ?

Qual será a duração ?

Permita Deus que em vida

Eu possa ver uma reação

Um novo pensamento , uma modificação

Conseguimos acreditar e encontrar a afeição ?

Se o penhor dessa igualdade

Conseguimos conquistar com o braço forte

Em teu seio , ó liberdade

Desafia o nosso peito a própria morte

Ó patria amada

Idolatrada

Salve ! Salve ! Salve !

Salve! Salve! Salve !

Salve! Salve!

Salve !





Quando terminei essa paródia sentir um ardor dentro de mim ,que já se manifestava fisicamente ,como se todas as pessoas do Brasil estivesse sendo renovadas e gritando uma só palavra no meu ouvido " Esperança " ! Creio Deus que
a roupa auriverde poderá se curar de toda poluição mesmo se isso custar todos séculos e perto do fim do mundo a realização do amor ao próprio poderá se concretizar ,nem que seja assim ! Paz e arte na minha mãe gente ! Pátria amada Brasil !


6 comentários:

artistademim disse...

obrigada pela visita, Pensador :-)

ando sumida, mas volto logo.

que bom ver gente nova escrevendo!

dani disse...

Oi Caio...obrigada por visitar meu blog mas estou em um novo, atualizado diariamente...visite-me por la


www.vidaintimadeclarice.blogspot.com

Bjs Clariceanos

dani

Anderson Meireles disse...

Seu blog é muito interessante, obrigado pela visita, volte sempre que quiser!
Abraço!

Pequena Poetiza disse...

enfim
nossa terra é linda
linda paródia

adorei sua visita

bjos

Elem disse...

Oi, Caio!!
Demais o seu texto!!! Adorei !!!!

Obrigada pelo comentário e sabes, né ? Apareça sempre que quiser!! o Pra Que Mesmo adoooora a sua visita!!!

Beijo enorme e mais uma vez PARABÉNS pelo texto!

Tainara disse...

Caaiioo, eu adoro essa paródia que você fez, que belo texto. Super realista, sabemos como o Brasil é tão belo, mas que precisa de mudanças. O Brasil tem tudo para melhorar o que precisa é apenas a consciência de todos, já que o país é rico(financeiramente e naturalmente)Aos poucos vem ocorrendo mudanças não está melhor devido a nossa história, muitas vezes o país foi administrado por pessoas, que "não olhavam" para a opinião do pobre. Então se precisa é valorizar a educação e a diversidade, e temos que saber quantos pessoas querem mudanças, ou seja quantas
crianças,jovens, adultos e idosos desejam a mudança. Parabéns pelo texto meu amigo.